Administração

Prefeito e secretários falam à ACIT e empresários sobre processos licitatórios e compras municipais

Na manhã desta sexta-feira, a ACIT promoveu uma reunião com lideranças da associação, empresários e a participação da Administração Municipal de Tapera. O objetivo do encontro foi obter informações sobre as regras legais existentes na administração pública para as compras de produtos e serviços pela Prefeitura.

O prefeito Volmar Kuhn, o diretor do departamento jurídico Henrique Augusto Oppelt, o secretário de administração Stéfano Simon e o secretário de desenvolvimento Luis Guilherme Roethig representaram o município e esclarecerem diversos pontos sobre a legislação que normatiza as compras, que são os processos licitatórios. Para a aquisição de produtos ou serviços que ultrapassem os valores determinados pela legislação.  Outro ponto destacado é que não é somente uma compra única que exige licitação, mas a compra de itens durante o ano que ultrapassem o valor máximo da dispensa de licitação também exige um processo licitatório. Por isso, em muitos casos, o município não pode adquirir produtos e serviços diretamente de empresas de Tapera, precisa realizar a licitação que deve ser aberta à ampla concorrência, vencendo a que oferece o menor preço.

“Na gestão do município, precisamos seguir todos os princípios da administração pública. É de nosso total interesse incentivar as empresas de Tapera, mas não podemos descumprir nenhuma regra estabelecida por Lei para as compras municipais. Assim, realizamos campanhas de incentivo ao comércio local como o Show de Prêmios em parceira com a ACIT, e sempre dentro da legalidade, primamos por adquirir os produtos e serviços disponibilizados pelas empresas taperenses”, destacou o prefeito municipal Volmar Kuhn.

A presidente da ACIT, Zaira Anghinoni, agradeceu a presença do prefeito e secretários municipais e os esclarecimentos realizados, que certamente contribuíram para que as empresas do município compreendam os processos e consigam também se preparar melhor para participar de licitações no futuro.