Conselhos Municipais de Educação

Reunião dos Conselhos Municipais de Educação da AMAJA

Na sexta-feira, 26/06, aconteceu a reunião virtual dos Conselhos Municipais de Educação da AMAJA, na qual houve a apresentação dos resultados da pesquisa feita pela UNCME-RS, com todos os municípios gaúchos, sobre atividades pedagógicas não presenciais e o processo de validação dessas atividades. Também foram apresentados os resultados da pesquisa da FAMURS sobre por qual etapa se deve reiniciar as aulas presenciais: 94% dos municípios se disseram contrários ao reinício pela Educação Infantil e 84% declararam que o reinício deveria ocorrer a partir dos anos finais.

Num segundo momento houve o estudo do caderno elaborado pela UNCME-RS – Orientações e recomendações aos sistemas municipais de ensino durante e pós-pandemia da Covid-19, que trata dos atos normativos a serem elaborados para a validação das atividades não presenciais, bem como sobre a orientação dos CMEs para as mantenedoras, quanto à elaboração do Plano de Ação, que deve ser apresentado e analisado pelo colegiado. O Plano de Ação deverá contemplar desde a busca ativa dos alunos que estão com dificuldades para realizar as atividades nesse período, até o planejamento das estratégias para a recuperação das aprendizagens dos alunos com maiores dificuldades. Também deverá ser analisada a forma de repactuação dos direitos e objetivos de aprendizagem previstos inicialmente para 2020 e que poderão ser reorganizados dentro do percurso escolar dos anos letivos de 2021 e 2022, num continuum de aprendizagens para esse “ciclo emergencial”.

Nesse momento de excepcionalidade pelo qual a educação está passando, os Conselheiros Municipais de Educação tem se empenhado para acompanhar as discussões sobre os aspectos legais da educação e exarar atos normativos que  orientem as escolas do Sistema Municipal de Ensino sobre como proceder diante desse novo contexto educacional, primando sempre pela oferta de uma educação de qualidade.